Arquivo da categoria: UFOLOGIA

Registro de ocorrência de OVNI em Sobradinho-DF

Registro de ocorrência de objeto voador não identificado  em Sobradinho-DF/28/09/2020

O desenho feito pela testemunha principal mostra um objeto destacado à direita. Este, ao se movimentar em direção ao conjunto de objetos menores, como que, induz o afastamento do conjunto em direção ao espaço.

Localização da observação – O local em que se deu a observação foi aos 15 graus e 38 minutos de latitude sul e 47 graus e 47 minutos de longitude oeste, em área urbana, no Distrito Federal.

Data e hora da observação – 28 de setembro de 2020, as dezesseis horas e quarenta e cinco minutos, com duração estimada de pouco mais de 10 minutos.

As condições atmosféricas eram de céu limpo, claro e sem nuvens e bastante sol, embora este não estivesse visível do local da observação.

A principal testemunha do caso, o Sr. K, 52 anos, administrador, fez contato com o pesquisador Wilson Geraldo de Oliveira – após verificar pela Internet quem, no DF, cuida de assuntos relacionados a UFOS / OVNIS – e solicitou uma visita desse, em sua residência, para relatar o corrido e, se possível, obter uma resposta sobre a ocorrência. Foi então agendada a visita para a quarta-feira, 21 de outubro de 2020 as 15:00 horas. Wilson solicitou o acompanhamento do pesquisador Sérgio F. Almeida e chegando ao local ambos foram apresentados à família do Sr. K. e àqueles que também foram testemunhas da ocorrência: Sra. Z., 78 anos (mãe do Sr. K); o filho do Sr. K, D. de 18 anos e da funcionária da casa, V, 39 anos.

Cllique para ampliar – Foto 1 – dos objetos observados

Então, estando exatamente no local do início da observação, foi relatada pelo Sr. K. toda a sequência de fatos, estando presentes os demais moradores acima especificados. O início da ocorrência deu-se quando D. estava deitado em uma rede, por volta das três da tarde e despretensiosamente olhava para o céu. Havia sol e o céu estava limpo e sem nuvens. Do seu ponto de vista, a área descoberta entre telhados para ver o fenômeno era de aproximadamente 1 metro de largura (lateral mais significativa para a observação) por algo entre 1 metro e meio a 2 metros de comprimento. Então, ao presenciar o fenômeno, chamou seu pai para ver também. Chamou-o por outras

Clique para ampliar – Foto 1 – imagem com contraste 75%

vezes até que ele veio. D fez várias fotografias, mas disse ter excluído devido a má qualidade deixando somente uma.    (Foto 1). Quando seu pai chegou D. já havia saído de sua posição e foi para outra área com uma abertura maior entre telhados (Foto 2), abertura de aproximadamente 2 metros de largura por mais de 3 metros de comprimento. Aí chegaram a Sra. Z. e Sra. V que passaram a observar o fenômeno também.

A duração de toda a observação foi de uns 10 minutos. Todos relataram a mesma coisa e foram concordes nos relatos uns dos outros. Havia um objeto maior, em forma de ampulheta, à direita de todos os outros e um pouco mais afastado. A cor predominante dos objetos era branca. D. relatou que alguns dos objetos menores apresentavam cores vermelho ou azul, além do branco e cintilavam; alguns eram esféricos e outros cúbicos. Posteriormente, conforme relato, o objeto maior, de forma lenta, começou a se aproximar dos demais e esses foram se reunindo em grupos e subindo e, por último, o objeto maior subiu também.

Foto 2 – Abertura por onde observaram os objetos.

Durante a observação não houve qualquer som emitido por parte dos objetos que pudesse ser percebido pelos presentes. Os objetos ainda tiveram movimentos erráticos; subiam; desciam; paravam e seguiam. Alguns se afastavam e depois voltavam.

É importante ressaltar que durante essa observação as pessoas da família estavam distantes pouco mais de 1 metro uma da outra e passaram todo o tempo da observação por ali, olhando o fenômeno em grupo. Após essa explanação do Sr. K., ocorrida no local em que foi feita a observação, os presentes se reuniram diante de uma mesa e começaram a conversar sobre a ocorrência em si e outros fatos correlatos. Enquanto isso, o Sr. K. desenhou o que eles viram (Foto 3) e comentou sobre o conteúdo do desenho.

Foto 3 – O Sr. K desenha os objetos observados.

Informações Complementares – Conforme a Sra. Z. seu filho, Sr. K., é um homem cético, o que ele confirmou, no sentido de que ele não dá muita importância para “esses assuntos”. O Sr. K. informou ainda que nunca teve qualquer outra experiência deste tipo, antes, nem nada que pudesse relacionar como sendo estranho. Em relação a essa experiência confirmou que o que viram “não era deste mundo”; “não eram objetos humanos”. Acrescentou que no seu entendimento estamos sendo observados e que vamos demorar muito para ter tal tecnologia.

Comentário deste relator – No entendimento do pesquisador Sérgio, o relato das testemunhas pareceu verdadeiro e sem qualquer indício que pudesse levantar dúvida quanto à sua veracidade. O pesquisador Wilson mencionou que casos semelhantes ocorreram há alguns anos no México e na Colômbia.

Um dos eventos citados pode ser visto no endereço https://www.instagram.com/p/BPsrDyiAGQ8/ que mostra um número menor de objetos em um posto de controle de Tijuana (México), na fronteira com os EUA em janeiro de 2017.

E no endereço https://www.youtube.com/embed/blnL4q3qhR8 que mostra um número de objetos um pouco maior que o primeiro, este, mais recente datado de 09/11/2020, conforme confirmação do Senhor K, muito semelhantes ao que foi visto em Sobradinho – DF. Exceto que, em Sobradinho foram observados aproximadamente 50 objetos, seus movimentos tinham alguma regularidade na formação de grupos insinuando figuras geométricas e apresentavam algumas cores como relatado acima. E o objeto destacado à direita da formação, que a olho nu, se assemelhava a uma ampulheta. São aspectos diferenciadores observados.

Conclusão – Por ser praticamente impossível a determinação clara da natureza dos objetos observados caracteriza-se o caso como mais um caso de objetos (voadores) não identificados.

Relatores: Wilson Geraldo de Oliveira e Sérgio F. Almeida

Observação: Em respeito à privacidade das testemunhas e face a estes tempos de pandemia, foi acordado que utilizaríamos apenas as abreviações de seus nomes.

Registro de OVNI no Município de Divino – MG – (Continuação)

Registro de continuidade do Caso – Divino – MG.

A imagem exibe quatro rastros de aeronaves que passaram pelo corredor Belo Horizonte – Vitória. O risquinho à direita é de uma aeronave que estava passando naquela área naquele instante. As montanhas vistas aí são as quais o OVNI sobrevoou naquela ocorrência descrita.

Em 27 de outubro de 2020 faço, por este texto, uma atualização do “Registro de Ocorrência de OVNI no Município de Divino – MG” na qualidade de relator e testemunha do Caso. Continue lendo Registro de OVNI no Município de Divino – MG – (Continuação)

Registro de OVNI no Município de Divino – MG

Registro de ocorrência de objeto voador não identificado – OVNI

Sérgio F. Almeida

Clique na Imagem para ver croqui ampliado

Localização da ocorrência do fenômeno – O local em que se deu a observação foi aproximadamente aos 21 graus de latitude sul e 42 graus de longitude oeste, em área rural a uns 6 km da Sede do Município de Divino – MG. Continue lendo Registro de OVNI no Município de Divino – MG